quinta-feira, 17 de setembro de 2009

O clássico da comida Bahiana!

Acredito que quando se fala em moqueca no Rio de Janeiro, a maioria pensa no Siri Mole, que é um clássico. Localizado no Arpoador é sempre muito procurado por turistas e por quem adora uma boa comida bahiana.

Fui em um domingo com a família e demos sorte, quando chegamos ainda tinham mesas vazias, o que seria impossível poucos minutos depois.

Como a fome era grande, pedimos de entrada uma porção de acarajé (acho que custa R$36). Vem 6 mini acarajés em um prato com vatapá, camarão e saladinha separados, para cada um montar o seu. Estava ótimo!

De entrada tem ainda, patas de caranguejo, caldo de sururu, acarajé individual, casquinha de siri, etc.

Não pretendíamos pedir couvert, mas meu pai não resistiu. Vem uma cesta com torradas e pães de sal pequenos, manteiga, beringela, mexilhão, polvo e pasta de atum. O polvo era o melhor, mas achei pouca quantidade de tudo.

Bom, agora vamos às moquecas... Optamos por uma de camarão (+/- R$92,00), e uma de peixe (+/- R$85,00). Os acompanhamentos são iguais, arroz e farofa de dendê. Pedimos pirão de peixe por fora. Estava tudo delicioso!!! O camarão e o peixe estavam no ponto certo, a moqueca estava muito bem temperada e o pirão de peixe, irresistível.

Éramos quatro e comemos exageradamente bem as 2 moquecas.

Tem ainda moqueca de siri mole, lagosta, polvo, camarão e peixe, bacalhau. Fora isso tem, bobó de camarão, sinfonia de crustáceos, frigideiras diversas, entre outros. Mais, opções de saladas e grelhados. Ou seja, comida para todos os gostos.

Aos sábados (até as 17:00 hs.) tem buffet com pratos típicos como: acarajé, caruru, vatapá, xinxim de galinha, fritada de bacalhau e moqueca de peixe

No post do Da Graça, indiquei o bobó de camarão e a moqueca de cavaquinha, que são maravilhosos, mas, fica aí a dica do Siri Mole que é especializado nisso, tendo mais opções e também é maravilhoso.

Fica na Rua Francisco Otaviano, 50. Telefone: 2267-0894.

4 comentários :

  1. Dr. Rom disse...

    Uma certa vez, acompanhei a minha noiva numa empreitada dessas, mas a unica coisa que me recordo foi de ter comido muuuuuito e de ter passado mal.

    Até hoje eu não tentei uma nova empreitada para saber se o que me fez passar mal foi o excesso ou a culinária em si.

    Mas sempre que lembro me surgem dois sentimentos: um de nostalgia/água na boca e um tremor pela situação.

    Vamos ver no que vai dar, né?

    Beijos, Astrid.

  2. Mônica disse...

    Senti falta de fotos.... tudo bem com vc? abs e boa semana!!!

  3. Astrid Beyer disse...

    Olá Monica querida!
    Pois é, estou em falta com fotos... Esqueço de levar máquina para os lugares, mas na próxima eu levo!!
    Tá tudo bem, estou com sinusite há uma semana e por isso não tenho conhecido mais lugares...
    Abs, muito obrigada e boa semana pra você também!

  4. Walter disse...

    "Sinfonia de crustáceos"? Nossa, que tesão.