segunda-feira, 27 de outubro de 2008

O BOM E VELHO GUIMAS

Como havia dito, pensei em ir ao Guimas no meu aniversário e acabei indo mesmo... Resolvi comemorar essa data no restaurante da Gávea que prefiro ao de Ipanema, acho mais aconchegante, mais cara de bistrozinho. Além de ser o primeiro da rede.

O Guimas da Gávea foi aberto em 1981, então relativamente não é um restaurante tão antigo, mas, em uma cidade aonde todos os lugares abrem e fecham em um piscar de olhos, podemos dizer que é um restaurante que veio para ficar e conseguiu se manter muito bem por todos esses anos.

Para começar indico o couvert, que vem um patê delicioso, uma pastinha bem gostosa, azeitonas verdes, manteiga e cenoura crua. Cada pessoa escolhe um ou vários pães bem quentinhos, que são oferecidos pelo garçon dentro de um cestão. Sempre escolho o sacadura, um pão redondinho com casca. Custa R$ 9,50 por pessoa.

O restaurante oferece de entrada pastéis de queijo brie e de camarão, entre outros quitutes, mas sempre fico apenas no couvert.

De prato principal, tem peixes variados, carnes, aves, algumas massas e frutos do mar. Tudo parece e é ótimo!! O único prato que não indico é o risoto com cogumelos, é gostosinho, mas deixa a desejar.

Estava com vontade de comer peixe, então fiquei na dúvida entre um linguado com risoto de palmito e um cherne com aspargos frescos e purê de batata barôa. Optei pelo cherne, mas pedi para substituírem o purê por risoto de palmito. Estava bem gostoso, o prato vem farto. Aliás, todos os pratos são fartos.Minha mãe escolheu o mesmo prato, mas sem qualquer substituição e adorou o purê de batata barôa. Custa R$ 45,00.

Já meu pai, optou por um filé à milanesa em crosta de panco com salada de batata (R$34,70). A carne é enorme, do tamanho de um prato e é maravilhosa. Confesso que estava melhor que o meu peixe, muito saborosa mesmo. A casquinha é muito crocante. E para quem não come muito dá até pra dividir, é só pedir uma porção extra de salada de batata. Certamente, será meu pedido na próxima vez!


Quase nunca indico bebidas no meu blog, mas o Bloody Mary tem bastante saída e tem ainda uma bebida chamada Bull Shot, bem diferente, que não arrisquei provar, já meu pai adora. Acredito que seja um dos poucos lugares que servem essa bebida, que é feita com caldo de carne, pimenta preta, Worcestershire e Tabasco.

Já quanto as sobremesas, várias chamaram minha atenção, já provei o mil folhas que é delicioso, mas resolvi provar algo diferente, e pedi o pudim guimas, que é de chocolate meio amargo, acompanhado por um creme meio azedo. Fica divina a combinação!! Maravilhoso mesmo, de lamber a colher... Custa R$ 14,70, se não me engano.

Enfim, foi uma noite muito agradável. Como sempre o Guimas não me decepcionou, ao contrário, saí bem satisfeita!! É um dos meus restaurantes preferidos no Rio de Janeiro.

Ah, acho um lugar ótimo para ir a dois, mas como já disse, prefiro o da Gávea.

Gostou da dica?? Vale a pena para quem ainda não conhece e para quem conhece, ótimo para repetir.

Fica na Rua José Roberto Macedo Soares, 5. Gávea, Rio de Janeiro. Telefone: 2259-7996. Já o de Ipanema é na Rua Paul Redfern, 33. Telefone: 2529-8300.

6 comentários :

  1. Jonathan Benarrós disse...

    Não sou tão fã do Guimas, porém não tenho o que reclamar. Só acho que hoje em dia tem que abrir o olho, pq com com esses preços, tem muito restaurante bom concorrendo.

    Mas enfim, que vai lá vai por tradição.

    bjs

  2. Anônimo disse...

    caro e pouca comida...

    comida boa, mas pelo preço se torna patetico, alias desde quando aquele prato ali com dois pedaços de cherne uma colher de pure e 5 aspargos pede ser considerado um prato farto??? mal sujou a louça!

  3. Astrid Beyer disse...

    Não é uma colher de pure, é risoto de palmito e não veio pouco... Achei o tamanho satisfatório, pode não ser farto para alguns, mas eu fiquei satisfeita sem estar com a sensação de que comi demais.

  4. Walter disse...

    Para mim o Guimas tem cara de infância, de quando eu ia lá pequenino com minha mãe. Realmente é caro e há outros que fazem forte competição pelo mesmo preço, mas ele ganha pela tradição. E acho que quem não compratilha comigo esse sentimento de aconchego, deve ir lá mais uma vez. Certamente vai entender o que digo.
    Saudações.

  5. Astrid Beyer disse...

    Esse é o espirito Walter!! Compartilho o sentimento com você... Eu adoro o Guimas e o da Gávea é uma tradição.

    Abraços.

  6. Anônimo disse...

    Great writing! You should definitely follow up on this topic!!!

    Dwayne