terça-feira, 30 de setembro de 2008

Crepe assim, só na França.

Para quem gosta de um bom crepe, não existe lugar melhor no Rio de Janeiro do que o Le Blé Noir.

O chef Alain Caro é Bretão e faz o típico crepe francês. Espetacular, aliás!!

A massa é fininha e crocante, pois é feita com trigo sarraceno, chamado de blé noir, é mais escuro que o trigo normal.

Devido ao seu sucesso, a creperia teve que mudar de lugar para ser ampliada, mas permaneceu na mesma rua e continua lotada.

No cardápio tem opções de recheio já montadas, mas tem também opções em que o cliente monta seu recheio. Explico melhor, tem uma lista de queijos e uma lista de diversos, como presunto, shitake, camarão, entre outros. Assim, a pessoa escolhe o queijo que preferir e outro recheio.

Eu particularmente prefiro montar meu crepe, e gostei muito da combinação shitake com queijo ementhal, é divino!!! Todos os crepes salgados, chamados de galette, são acompanhados por uma salada verde com molho de mostarda dijon, muito boa!!

Os pratos não são baratos, tem crepe de mais de R$40,00. Mas o que costumo fazer, e prefiro, é dividir um crepe salgado, e depois dividir um doce, saio bem satisfeita.

Na parte dos doces, indico um prato que vem trouxinhas de crepe, recheadas com sorvete de creme e uma calda maravilhosa de chocolate meio amargo, nossa, é bom demais!!! É de raspar o prato...

Acho uma experiência imperdível!! O lugar é agradável, simpático e o atendimento é bom. Os pratos são maravilhosos!

Ah, sempre tem fila, então se for, tenha paciência que valerá a pena.

Fica na Rua Xavier da Silveira, 19, loja A, Copacabana, Rio de Janeiro. Telefone: (21) 2267-6969. Funciona a partir de 19:30 hs.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Pizza Paulistana faz sucesso com os cariocas!

Todo mundo sabe que as pizzarias de São Paulo são maravilhosas. Não que as do Rio sejam ruins, eu também adoro várias pizzarias cariocas, mas confesso que atualmente tenho gostado mais das pizzarias paulistas que fincaram a bandeira no Rio de Janeiro.

Uma delas é a Braz, muita famosa na terra da garoa e agora aqui também. Realmente faz jus à fama, é divina mesmo!!

O lugar é lindo e o atendimento é excelente. As pizzas então, nem se fala. Ah, a massa é grossa.

De entrada tem um pão de calabresa muito bom, é enorme, ótimo para beliscar com várias pessoas, custa R$9,50.

Já as pizzas, indico a Caprese, que leva mussarela, fatias de tomate e de mussarela de búfala, manjericão e pesto de azeitonas pretas (na verdade é de azeitona roxa, mas eles chamam de preta). É espetacular!!! Sem dúvida é a minha predileta. A média custa, se não me engano R$44,50, a grande custa um pouco mais, não muito. A média não é individual.Outra muito boa é a Maçarico, que leva lingüicinhas defumadas, pimenta e cebola. Não sou fã de cebola, mas nessa pizza ficou ótima. As fatias bem fininhas e o gosto não fica forte. Essa pizza, assim como algumas de São Paulo, vem sem queijo, então, recomendo pedir com queijo, paga-se um pouco mais, mas vale a pena. Acho que custa o mesmo preço da Caprese.

Já comi também a Portuguesa, com presunto, ovos cozidos, cebola e azeitonas pretas, é gostosa, mas comum. E a Margherita é simples, mas é muito boa, para quem não quiser arriscar algo diferente e bem mais barata, custa menos de R$40,00 a média.

Para beber indico o suco de tangerina (R$6,00), é bem gostoso.

Quem quiser seguir minha dica, a Braz fica na Rua Maria Angélica, nº 129, Jardim Botânico, Rio de Janeiro. Telefone: 2535-0687. A pizzaria entrega em casa.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Vale a pena Degustar!!

Nesse próximo fim de semana, nos dias 26 e 27 de setembro vai acontecer o Degusta Búzios, que como o nome já diz, é um festival de degustação, e digo logo, é muito bom!!

Essa é a 3ª edição e reunirá 38 restaurantes localizados na Rua das Pedras, Orla Bardot e Rua Turíbio de Farias.

O tema dessa edição é: "Sabor Saudável". O esquema é o seguinte: você pode fazer a degustação dos pratos dos diversos restaurantes, que montam suas barracas nas ruas e oferecem entradas por R$5,00 (cinco reais), pratos principais por R$10,00 (dez reais) e sobremesas por R$5,00 (cinco reais).


Vai acontecer também, pela primeira vez, um Concurso de Novos Talentos, que irá apresentar o chef revelação de Búzios. Certamente será uma disputa difícil, considerando que estarão presentes na mesa de jurados os chefs: Andréa Tinoco, Felipe Bronze, Silvana Bianchi, Flávia Quaresma, entre outros.

Após a disputa, vai ter, no mesmo espaço, palestra e talkshow com profissionais da área.

Alguns importadores também participarão servindo vinhos e espumantes nacionais e internacionais, de safras consagradas.

Quem quiser dicas de pousadas é só pedir, conheço algumas de lá.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Uma noite bem mais ou menos!

A matéria de hoje é sobre um lugar que não indico. Pois é, também faço críticas, apesar de preferir escrever sobre o que indico, que é o intuito maior do meu blog.

O lugar se chama Banana Café, fui com a intenção de relembrar os tempos de Gatopardo, entretanto a noite se resumiu em mais ou menos.

O famoso pão de queijo estava bom, os pasteizinhos também estavam bons, a pizza é boazinha, mas com tantas maravilhosas que existem hoje em dia, não perderia tempo.

Mas o que achei pior do restaurante é a consumação mínima de R$ 40,00 (quarenta reais), cobrada no lugar, pelo menos no dia em que eu fui era assim, corrijam-me se estiver errada.

Realmente não gosto dessa exigência de consumação mínima. Mesmo que a pessoa gaste isso em um jantar, acho chata a obrigação.

Assim foi minha noite bem mais ou menos, em que o que comemos era bom, mas nada sensacional, todos que estavam comigo saíram do Banana Café um pouco decepcionados.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Photochart – Uma excelente opção para qualquer hora.

Mais uma dica de restaurante no Jockey Club, mas bem diferente do post do Complexo Gastronômico.

Esse restaurante fica logo na entrada principal da rua Jardim Botânico, tem uma vista linda do jardim e ainda o direito a ver o desfile dos cavalos antes das corridas.

O lugar é lindo, bastante agradável e o serviço muito bom. A comida é bem gostosa.Para começar indico o couvert que vem uma cesta de pães com torradas e pizza branca, potinho com manteiga, com pastinha e uma berinjela temperada. Vem ainda um pratinho com mini quibes e mini croquetes. E para completar polvo à vinagrete. Humm, delícia! Não recordo o valor, mas não é caro.O restaurante possui várias opções de massas e frutos do mar, algumas de aves e carnes. Fiquei com vontade de provar o Escalope ao Poivre vert, que é com molho de pimenta verde acompanhado de risoto de funghi.

Outro prato que me deu vontade foi o Ravioli de Haddock, com molho de alho poró. E também o Peixe a Cecília, grelhado, ao molho manteiga e salsa, aspargos, parmesão, com creme de espinafre.

O Haddock é um peixe da família do bacalhau que se alimenta no fundo do mar. É branco e muito saboroso.

São tentadoras as opções, mas acabei escolhendo o arroz de pato, feito com arroz arbóreo. O prato é farto e como já tinha abusado do couvert, acabei dividindo e foi suficiente. Estava divino!! Certamente terei que voltar algumas vezes pra provar outros pratos.

Infelizmente não agüentei comer sobremesa. Ah, vale a pena pedir um cafezinho, vem com biscoitinhos e um potinho com trufas bem gostosas!!

Quem quiser seguir a dica, o restaurante Photochart fica na Praça Santos Dumont, nº 31, Gávea, Jockey Club Brasileiro, Rio de Janeiro, RJ. Telefone: (21) 2540-7932. Site: www.photochart.com.br

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

O melhor do Siri é o camarão.

O lugar se chama Siri, sendo que a filial da Barra chama-se "Siri da Barra". Apesar do nome, certamente o camarão que brilha, mais especificamente o risoto de camarão.

Explicando melhor o risoto não é o verdadeiro risoto italiano, como uma boa apreciadora da culinária italiana eu chamaria o prato de arroz de camarão, mas se você for no restaurante Siri, o nome certo é risoto.

Quando digo que esse prato é o que brilha no lugar, é porque 9 entre 10 mesas pedem o tão famoso risoto de camarão. O prato tem 2 tamanhos para escolher: pequeno e grande. O pequeno (+/- R$55,00) serve 3 ou 4 pessoas bem; mas bem mesmo. A porção é realmente enorme. Muito caprichado e com mais camarão que arroz, sendo que os camarões são grandes. É realmente delicioso, não tem quem não goste!!
De entrada indico o pastel também de camarão (R$2,40). Vem com alguns camarões de bom tamanho e um molhinho bem leve que não tira o sabor do camarão. Hummm, é bom demais!!

O restaurante é especializado em frutos do mar. De entrada além do pastel indicado tem de siri também e queijo. Outras opções são: casquinha de siri, bolinho de bacalhau, camarões variados, patinhas de caranguejo,...
Já nos pratos, o lugar serve outros risotos, como de frutos do mar, siri, bacalhau, polvo ou lula. Diversas opções de peixes, algumas de bacalhau, lagosta, polvo, lula, camarão e fritada.

Mas, para agradar quem não come frutos do mar, a casa também serve picanha, contra-filé, filé mignon e pizzas. Não sei se são bons, mas os poucos que passaram por mim estavam bonitos.

Bom, o lugar é simples, com papel em cima da mesa, mas isso é o de menos. Vale mesmo a pena provar o pastel e o risoto de camarão. Ah, quase todos saem do Siri com quentinhas, já é de praxe isso, pela quantidade das porções.

Quem quiser provar, os endereços são:
Barra - Praça Euvaldo Lodi, 65, Jardim Oceânico (em frente à Igreja de São Francisco de Paula). Telefones: 2494-0816 / 2495-5607.

Vila Isabel – Rua dos Artistas, 2. Telefone: 2208-6165.

Ilha do Governador – Praia do Galeão, n. 1. Telefones: 2462-1962/2462-0436.

Nova Iguaçu – Avenida Dr. Salles Teixeiras, número 20. Telefone: 3773-4655.

Site: www.restaurantesiri.com.br

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Vai um pepino aí?

Eu poderia ficar horas contando a história do Carnegie Deli em NY, que é único e altamente requisitado. Conhecido por muitos famosos que vão lá freqüentemente, que é facilmente percebido pela quantidade de fotos nas paredes. Já foi cenário de filme do Woody Allen.

Trata-se de uma deli com restaurante. As mesas são comunitárias, daquelas compridas, bem grandes para 10 pessoas. Nem todos gostam desse esquema, mas é realmente imperdível.

Para começar, o couvert (acho que pode-se chamar assim) é pepino em conserva, vem um pratinho com alguns para se comer com a mão mesmo. Diferente? Bastante, mas todos adoram e devoram os pepinos tão famosos do lugar! E o melhor... é de graça!!

Tudo no restaurante é diferente e abundante. O cardápio é vasto e acredito que tudo deva ser divino.

Mas na minha opinião, o melhor do lugar é o sanduíche de pastrami (13,95 dólares), que é enorme e não economizam no recheio. É difícil até para comer. Caso queira dividi-lo com alguém, é cobrada uma taxa de 3 dólares. As opções de sanduíche são diversas. Outro que é muito pedido também é o de salmão (16,95 dólares), também com bastante recheio.


O restaurante ainda serve sopas. Uma que é muito pedida é a Borscht (6,95 dólares), de beterrada, quente ou fria, com ou sem creme-de-leite, é bem gostosa!

Tudo é famoso lá, até mesmo as pessoas que vão, qualquer coisa será uma boa pedida.

Recomendo também a cheesecake, que e a melhor do mundo! Tem de blueberries ou cherries (8,95 dólares), tem de morango (9,75 dólares) entre outros sabores. É enorme, assim como tudo do Carnegie.

Quem for à NY e quiser conferir esse lugar tão famoso, o Carnegie Deli fica na 854 Seventh Avenue, com 55 th, 10019, NY. Telefone: (800) 334-5606. Site: http://www.carnegiedeli.com/

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Lanche nada Básico

Essa é uma dica simples de um lanche muito bom e diferente no Shopping Leblon. O lugar se chama Focaccia e oferece sanduíches feitos com a própria focaccia.

É uma loja pequena no quarto andar do shopping e normalmente está com as poucas mesas ocupadas. A sorte é que na praça de alimentação tem muita mesa!

Bom, são várias opções de sanduíches, sendo o carro chefe, a Focaccia. Cada um tem um formato e tamanho diferentes. O pão vem bem quentinho, é uma delícia!!

O que eu mais gosto é o Firenze, com pastrami e mostarda dijon. Acho que custa R$10,00. Ah, sempre peço um potinho com mostarda extra, fica melhor.

Gosto também do Camogli (R$11,50), com presunto, mozzarella, tomate e orégano. Tem outro chamado Capri (R$14,00), com mozzarella di bufala, tomate e manjericão, que também é bem gostoso.

Fora esses, o lugar oferece uma opção com peito de peru, mozzarella, tomate e rúcula. Outro de salmão, cream cheese e alface. Ou seja, opções não faltam, mas fica a dica do que eu mais gosto!!

Outro fato positivo é que a loja oferece taca de vinho, que custa R$10,00 o branco e R$12,00 o tinto.

Ah, o tiramissu e bom também!


Focaccia e um tipo de pão italiano com massa fina, parece com a massa da pizza. Alguns lugares fazem com alecrim, outros com sal grosso, tem também simples, acompanhada de molho de tomate, etc., de qualquer forma eu gosto muito.



Vale a pena comer enquanto espera a hora de ir ao cinema.

Quem quiser provar, a Focaccia fica no Shopping Leblon – Av. Afrânio de Melo Franco, 290, loja 405 G, Leblon, Rio de Janeiro. Telefone: (21) 3875-3264.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Longe, porém perto do social!!

Não sou fã de restaurante japonês, acho que alguns já perceberam pela inexistência de matérias sobre tal culinária.

Na verdade eu não curto comida crua, qualquer tipo, desde carpaccio até peixes crus. Porém, gosto muito dos demais, cogumelos, harumakis, tempuras, yakissobas, sunomono, espetos,...

Por isso, acabo freqüentando muito os restaurantes japoneses e confesso que como bastante.

Conheci o SushiMar quando morava na Gávea, era um restaurante pequeno no baixo gávea, em que minha família sempre pedia para entregarem em casa, eu comia yakissoba, meu irmão pedia os crus e adorava!

O restaurante foi ampliado e todo reformado, atualmente está uma graça, além de ficar longe da multidão do baixo gávea, mesmo estando ali pertinho...

Da última vez em que fui, combinei com uma amiga que adora comida japonesa (mas ela curte os crus mesmo) porque ela ia viajar, então resolvemos sair e conversar um pouco.

O cardápio é muito bom, bem variado e achei os preços bons. Ah, o restaurante possui rodízio (não é todo dia), mas infelizmente não estava com tanta fome no dia.

Fiquei bem indecisa na hora de escolher o prato, mas acabei optando por um risoto de shimeji (cogumelo), que estava maravilhoso, muito bom mesmo. É bem saboroso e a quantidade é ótima. Até a minha amiga achou melhor que o pedido dela. Essa é a minha dica para quem for ao restaurante.

Bom, o SushiMar possui pratos especiais, sushi, sashimi, makimono, entradas variadas, saladas, espetos, combinados, temaki, grelhados, tempura, yakissoba e diversas sobremesas, como harumaki de banana com sorvete, frutas carameladas, etc.

Vale a pena conferir! Para quem preferir fazer um social no baixo gávea depois, aconselho ir em uma quinta-feira.

O restaurante fica na Rua dos Oitis, 6, lojas D e E. Funciona de segunda à sexta de 12:00 às 24:00 hs., sábado de 13:00 às 00:30 hs. e domingo de 12:30 às 23:30 hs. Site: www.sushimar.com.br.